Performance Vagina Dentada

Panmela Castro feat. Caligrapixo. Criada a partir do poema Vagina Dentada de Panmela Castro.

Boca que engole a morte e regurgita a vida
Minha Vagina
Enquanto dentada ela me dignifica
Rasga-lhe o punho que levanta
Rasga-lhe o falo que empina

For
Festival Corpus Críticos. Curadoria Nadam Guerra.
Date
26/05/2018
Type
Performance Art